Translate

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Varginha: Câmara questiona funcionamento de sistema de segurança


A Câmara de Vereadores de Varginha (MG) questiona o funcionamento da Central de Monitoramento das câmeras de segurança que estão espalhadas pela cidade. Segundo a Câmara, os equipamentos não têm a qualidade esperada e funciona com menos pessoas do que o número necessário para cumprir sua função de segurança.
A Central de Videomonitoramento de Varginha foi inaugurada em dezembro de 2012. Na época, o projeto previa o serviço integrado com a Polícia Militar, Bombeiros e outras entidades de segurança, além da instalação de 24 câmeras em pontos estratégicos da cidade.
Em 2014, o secretário de governo, Carlos Honório Ottoni Júnior, informou por meio de um ofício que o sistema funcionava com apenas um operador por turno, quando seriam necessários quatro. Ele disse ainda, na época, que das 24 câmeras, apenas 17 estavam funcionando. Mais de 2 anos se passaram e o problema não foi resolvido.
Diante da situação, a Câmara de Vereadores decidiu questionar a prefeitura sobre o funcionamento da central de monitoramento. Eles querem saber qual a estrutura disponibilizada para o serviço e porque a central não está operando como previa o projeto.
As câmeras são importantes para a segurança pública e monitoramento do trânsito. Quando operam com qualidade, elas se mostram eficientes na identificação de suspeitos em crimes como roubos e brigas, cujos suspeitos podem ser identificados pelas imagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.