Translate

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

COMANDANTE GERAL DA PM RENUNCIA

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Marco Antônio Badaró Bianchini, pediu ao governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, para ser retirado do cargo máximo da corporação. A informação foi confirmada oficialmente. O policial alegou “motivos pessoais” para a saída. O atual comandante tomou posse logo que Pimentel assumiu o governo do Estado, em janeiro de 2015. Na data, Bianchini completou 30 anos de trabalhos prestados para a PM e poderia ir para a reserva, mas, mesmo assim, preferiu permanecer no cargo. O coronel Hebert Figueiró é o nome mais cotado para assumir a chefia da corporação. A troca de comando deve ocorrer na próxima semana. Além dessa mudança, está prevista a promoção de coronéis e novos chefes em algumas unidades da Polícia Militar.  (O Tempo)

Opinião deste Blog

A decisão do então comandante coronel Marco Bianchini pegou muita gente bom informada de surpresa. Ele vinha mantendo um bom relacionamento com setores da PM que foram discriminados em promoções ao longo dos anos. A expectativa é grande na tropa ante sua saída.

Nenhum comentário:

Postar um comentário