Translate

terça-feira, 30 de maio de 2017

Um quarto escuro chamado Brasil

  Por Gilclér Regina
Sim, eu percebo o nosso Brasil como se fosse um quarto com pouca iluminação e alguém chegou e colocou uma lâmpada com 150 watts e ao ligar a tomada percebeu um monte de sujeira, coisas fora do lugar, ratos para tudo quanto é lado, subindo e descendo...
Quem são estes ratos? A política no Brasil, as instituições, a educação do povo e aí somos todos nós também, o tal do jeitinho brasileiro, o tal do querer levar vantagem em tudo, o tal de passar a mão na cabeça para pequenos delitos, a zona de conforto...
O legado deste clarão que atende pelo nome de LAVA JATO, delações etc... será para um futuro próximo, para os nossos filhos e netos. Mas nada disso vai mudar se não mudar a EDUCAÇÃO.
A verdade é que pais educam e professores ensinam. Não se pode terceirizar a educação. Mas, como esperança é a última que morre, que esse legado venha o mais depressa possível porque a continuar do jeito que está, o país vai para a extrema unção. Nosso dever e alegria cívica é reagir!
Estamos sempre assim: Novos problemas e velhos hábitos. Fomos criados para achar que o fracasso é a pior coisa que pode acontecer na vida de alguém.
A maioria das pessoas que fizeram grandes obras, conquistaram impérios, tiveram antes momentos difíceis e momentos de fracasso. O próprio Bill Gates coloca como prerrogativa contratar pessoas que já quebraram porque saberão economizar caminhos.
Se reinventar é ter coragem para vencer velhos hábitos. O analfabeto do futuro será aquele que não saberá aprender, desaprender e reaprender. O fracasso nada mais é do que mais um passo em direção ao sucesso.
Você não precisa almejar ficar rico, mas, precisa entender a importância de ser reconhecido quanto ao seu valor e talento. Apenas se tornar rico é vazio. A meta é ser feliz. Talvez um dos itens de sua felicidade seja ganhar dinheiro, mas a felicidade de outra pessoa seja a liberdade ou ainda conseguir levantar da cama e caminhar até o jardim.
E nossa liberdade hoje é olhar para dentro, limparmos o quarto escuro, matar aqueles ratos, matar os ratos que muitas vezes somos nós e volto a afirmar, só existe um caminho e este se chama educação.
Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!

Gilclér Regina é Escritor e Palestrante Profissional

Uma pessoa simples que se transformou num dos mais reconhecidos Conferencistas do país, com atuações também no exterior.   (PALESTRAS): www.gilclerregina.com.br/contato

Nenhum comentário:

Postar um comentário