Translate

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

TRÊS CORAÇÕES UMA CIDADE SEM PLANEJAMENTO E ZELADORIA


Impressiona o regime de retaliação (por sinal imotivada) implantado na atual administração (C.C,P.S.) aos servidores que de alguma forma não compactuam com o atual jeito de governar, embora continuem, como costume, a prestarem seus serviços com profissionalismo.
Primeiro, mandaram os “inimigos” para a Colônia longe de seus serviços e especialização. Agora, mandaram para a zona rural um professor dedicado e reconhecido em sua área de atuação, até mesmo além dos limites do município, tudo porque “não vão com a cara dele”, segundo comentários.
Por outro lado, a cidade sofre, a população sofre com a falta de planejamento.
Três Corações está sem zeladoria, buracos e mais buracos de todos os tamanhos atazanam a vida do tricordiano, matos, obras inacabadas, outras mal feitas tudo a olhos vistos, como a árida Praça Odilon Rezende.
A saúde está um caos, a reclamação é geral.
Agora mais um projeto é desativado sem maiores explicações. Desta feita foi o do Ginásio Pelezão que levava pessoas de todas as idades, inclusive crianças, à ginástica rítmica e artística, danças e zumba.
É isso, Três Corações vem (in)voluindo e com isso se distanciando cada vez mais em desenvolvimento e qualidade de vida em comparação com outras cidades sul mineiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.