Translate

sábado, 29 de abril de 2017

Vila Nova confirma contratação de atacante do Corinthians , nascido em Três Corações

A diretoria do Vila Nova Futebol Clube (Goiás) confirmou o acerto com o atacante Alan Mineiro que chega ao Onésio Brasileiro Alvarenga para reforçar a equipe na disputa do Campeonato Brasileiro da Série B.
O atleta que pertence ao Corinthians chega por empréstimo e após a aprovação nos exames médicos vai assinar contrato até o final da temporada.
Alan Mineiro tem 29 anos e nasceu em Três Corações-MG. Disputou o Campeonato Paulista pela Ferroviária - realizou 15 jogos e marcou 4 gols.
No seu currículo passagens por Boa Esporte, Paulista de Jundiaí, Icasa, América Mineiro e Bragantino.

Boletim ACE: Dia do Trabalho


Justiça autoriza goleiro Bruno a cumprir restante da pena em Varginha, MG

O goleiro Bruno Fernandes irá cumprir o restante de sua pena em Varginha (MG). Segundo divulgado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais na tarde desta sexta-feira (28), o juiz da Vara de Execuções Criminais da Comarca de Contagem, Wagner de Oliveira Cavalieri, aceitou o pedido da defesa do jogador para cumprir o restante da pena na cidade. Bruno foi preso na tarde de quinta-feira (27) e depois foi levado para a Penitenciária de Três Corações (MG).

Segundo o tribunal, o magistrado entendeu que os requisitos necessários para o deferimento do pedido foram atendidos, entre eles, a demonstração de boa-fé do goleiro, que se apresentou espontaneamente diante da expedição da ordem de prisão.

Ainda conforme o TJMG, o juiz esclareceu que, antes da soltura, o goleiro Bruno cumpria pena na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) de Santa Luzia e perdeu a vaga após ter sido colocado em liberdade. Diante da nova ordem de prisão, ele deveria voltar ao sistema prisional comum. Nesses casos, é praxe, no sistema prisional mineiro, que a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), através de sua Superintendência de Gestão de Vagas, determine num primeiro momento o local onde cada condenado cumpra sua pena privativa de liberdade. De acordo com o tribunal, o pedido da defesa para a transferência foi aceito e o juiz da 1ª Vara Criminal de Varginha, Oilson Nunes dos Santos Hoffman Schmitt, concordou. O juiz da Vara de Execuções disse ainda que Bruno não possui classificação de alta periculosidade e seus antecedentes afastam qualquer presunção de descumprimento da pena.

Processo e prisão
Bruno
foi preso e condenado em Primeira Instância por um júri popular na cidade de Contagem (MG), em 8 de março de 2013, a 22 anos e 3 meses pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samúdio e também pelo sequestro e cárcere privado do filho. O jogador havia sido preso em 7 de julho de 2010, quando se entregou à Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Segundo a defesa do goleiro, o pedido de habeas corpus foi feito logo após o julgamento. Após percorrer as duas primeiras instâncias da Justiça, chegou ao Superior Tribunal Federal, onde ficou aguardando julgamento. No fim de fevereiro deste ano, o ministro Marco Aurélio entendeu que havia excesso de prazo na prisão preventiva e concedeu uma liminar para que o goleiro aguardasse a decisão dos recursos em liberdade. Bruno deixou a Apac de Santa Luzia (MG), onde estava cumprindo pena, três dias depois. No início de março, Bruno fechou acordo com o time do Boa Esporte, em Varginha (MG), e se mudou para o Sul de Minas, onde retomou a carreira de jogador de futebol. No entanto, no dia 26 de abril, após um pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a Primeira Turma do STF julgou o habeas corpus, que foi negado, e derrubou a liminar, mandando o goleiro de volta à prisão. Após a expedição do mandado de prisão, Bruno se apresentou na Delegacia Regional da Polícia Civil em Varginha. Em um primeiro momento ele foi liberado, já que o mandado de prisão ainda não havia sido expedido pela Justiça, o que aconteceu dois dias depois. Após se apresentar novamente e ser preso, ele foi encaminhado para o presídio da cidade e depois para a Penitenciária de Três Corações.

Condenações e penas
Homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, asfixia e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima) de Eliza Samúdio: 17 anos e 6 meses, em regime fechado.
Sequestro e cárcere privado do filho Bruninho: 3 anos e 3 meses, em regime aberto.
Ocultação de cadáver de Eliza Samúdio: 1 ano e 6 meses, em regime aberto.

Como o crime de homicídio qualificado é classificado como hediondo, Bruno precisa cumprir dois quintos da pena antes de poder pleitear a progressão de pena para o regime semiaberto - o que equivale a 7 anos na prisão. No entanto, esse número diminui de acordo com o tempo trabalhado pelo goleiro enquanto estiver preso - a cada três dias exercendo algum ofício, um dia é reduzido em sua pena. 

Segundo a sentença, a pena foi aumentada porque Bruno foi considerado o mandante, mas também diminuída devido ao fato de ter confessado o crime. Estratégia da defesa

Segundo o advogado Lúcio Adolfo, que defende Bruno, a defesa quer manter o goleiro em Varginha e um recurso foi pedido para garantir que isso acontecesse. Isso porque a permanência no município garantiria ao jogador, em uma eventual progressão de pena,
o direito não só de trabalhar, mas também de dormir em casa mesmo no regime semiaberto - característica do regime aberto.

A medida é possível, segundo o juiz Oilson Hoffman, da 1ª Vara Criminal de Varginha, porque a cidade não possui uma unidade da Apac em funcionamento e os detentos que obtêm o direito de avançar ao regime semiaberto têm o direito de ficar nas próprias residências.

Carreira como jogador

Quando foi preso em 2010, Bruno era titular do Flamengo, campeão brasileiro de 2009. O goleiro também era cotado como um dos principais nomes para uma vaga na Seleção Brasileira. Com a prisão, acabou tendo a carreira interrompida por seis anos e meio. Após ter sido libertado em fevereiro, a volta ao esporte foi rápida. Logo no início de março deste ano fechou acordo com o Boa Esporte e foi apresentado no dia 13, mudando a rotina do clube. Menos de um mês depois fez sua reestreia em um jogo oficial, atuando no empate em 1 a 1 com o Uberaba, na segunda divisão do Campeonato Mineiro - o gol da equipe adversária saiu após um pênalti cometido pelo próprio goleiro. Ao todo, ele atuou em cinco partidas pelo clube e sofreu quatro gols.

Agora, preso novamente, Bruno ainda tem a situação com o clube indefinida. A defesa do jogador pode buscar ainda uma autorização especial para que ele possa viajar para jogar caso ele consiga uma progressão de pena para o semiaberto.

Durante todo o processo de apresentação à Justiça, Bruno foi acompanhado por um diretor do Boa Esporte, Rildo Moraes, mas o contrato seria suspenso caso o goleiro ficasse preso. O clube, que não se pronunciou sobre a prisão, também não confirmou essa informação. O advogado do jogador, no entanto, diz que o contrato continua em vigência.

(Globo.com)

sexta-feira, 28 de abril de 2017

FRASE

"A luta é o mais forte meio de pelejar e o mais glorioso de vencer."
Padre Antônio Vieira

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Goleiro Bruno será transferido para a Penitenciária de Três Corações


O goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza, de 32 anos, se apresentou à delegacia Regional de Varginha por volta das 14h desta quinta-feira (27), depois que a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu revogar a soltura do atleta. O goleiro chegou no carro do advogado, ao lado dos diretores do Boa Esporte.
Bruno foi recebido pelo Delegado Regional de Varginha, Roberto Alves. Segundo a Polícia Civil, ele assinou um termo alegando estar ciente do motivo da prisão. Bruno passou por exames do Instituto Médico Legal (IML) ainda na delegacia. E por volta das 15h30 o goleiro levado para o presídio da cidade.
O mandado de prisão do goleiro Bruno Fernandes foi expedido nesta quinta-feira pelo Tribunal do Júri de Contagem e já foi encaminhado para a Comarca de Varginha, onde Bruno joga pelo Boa Esporte e vive com a mulher, Ingrid Calheiros. Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), um juiz de Varginha encaminhou o documento à Polícia Civil. 
A comunicação do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a revogação da liberdade do atleta chegou hoje de manhã no Fórum Doutor Pedro Aleixo, em Contagem, na Grande BH. Depois disso, houve um despacho do juiz responsável para a expedição do mandado de prisão.

Segundo um dos advogados de Bruno, Fábio Gama, a defesa já está solicitando junto à juiza responsável pelo caso em Contagem, que ele possa permanecer no presídio de Varginha. No entanto, ao final do dia, foi divulgado que o goleiro Bruno será transferido para a Penitenciária de Três Corações.

Projeto de Renzo Braz incentiva a conservação do Meio Ambiente


Foi aprovado no dia 26/04, na Comissão de Meio Ambiente da Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei nº 1891/2015, de autoria do deputado Renzo Braz. O projeto cria incentivos fiscais e creditícios (deduções no Imposto de Renda, por exemplo) a pessoas físicas e jurídicas que promovam a reposição florestal ou desassoreamento de rios, córregos, cursos de água ou nascentes.

O objetivo da matéria é incentivar o proprietário rural a adotar medidas de proteção ao solo, favorecendo assim a melhoria da qualidade dos recursos hídricos. A recompensa pela conservação da vegetação nativa próxima as nascentes são incentivos fiscais do poder público.

“É incontestável a importância da preservação da vegetação nativa. Por isso temos estimular a proteção de nossos recursos hídricos. O meio ambiente precisa de cuidados”, ressaltou o autor da proposta, deputado Renzo Braz.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

"Os filhos de Adriana Ancelmo não são mais importantes do que outras crianças"

Na decisão da Justiça de mandar Adriana Ancelmo de volta para a cadeia, prevaleceu o argumento de Silvana Batini, procuradora da República:
"Os filhos de Adriana Ancelmo não são mais importantes do que outras crianças."
A defesa de Adriana Ancelmo apresentou um laudo segundo o qual os seus filhos sentem "falta dos deliciosos finais de semana em Mangaratiba".
Bonnie e Clyde têm uma mansão em Mangaratiba. Tinham.
(O Antagonista)

Palocci deve delatar Lula, empresários e banqueiros

O ex-ministro Antonio Palocci deverá incluir em sua delação, além do ex-presidente Lula, pessoas que se beneficiaram do esquema de corrupção nos governos petistas. Do tipo frio, calculista, que não se emociona por nada, Palocci deve envolver empresários, inclusive da área de comunicação, e banqueiros que se locupletaram de decisões do governo. Palocci estaria com sede de vingança, dizem fontes do PT.
Palocci pretende se vingar de Lula e dos banqueiros e empresários que não o “protegeram” e nem o ajudaram após sua prisão, em outubro.
(Diário do Poder)

Senado aprova projeto que tipifica os crimes de abuso de autoridade

Com 54 votos favoráveis e 19 contrários, senadores aprovaram o texto-base do substitutivo do senador Roberto Requião ao Projeto de Lei 85/2017
Durante a breve discussão e plenário, vários senadores questionam trechos do projeto e se posicionam contra a matéria. Foram apresentadas quatro emendas ao texto, mas todas foram consideradas prejudicadas após a aprovação do texto.
“Eu quero me manifestar claramente, enfaticamente, contrário a esse projeto, sobretudo neste momento da história do Brasil. Claro que este país precisa de cinco séculos para acabar com o abuso de autoridade, mas não para cercear o trabalho de juízes, do Ministério Público, da polícia, o que tudo indica que é a finalidade neste momento. É um equívoco aprovarmos esse projeto neste momento”, declarou o senador Cristovam Buarque (PPS-DF).
O substitutivo de Requião só conseguiu consenso depois que senadores de vários partidos condicionaram o apoio ao texto à aprovação de uma emenda do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) que alterou a redação do Artigo 1º do texto, que trata do chamado crime de hermenêutica, que significa punir o agente por divergência na interpretação da lei. Para parte dos senadores, a redação anterior do projeto abria brecha para enquadrar juízes e promotores, por exemplo, no crime de hermenêutica. O tema também foi alvo de críticas de procuradores integrantes da Operação Lava Jato
Para o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), as alterações acatadas por Requião na CCJ mais cedo representaram avanços importantes no projeto. Entretanto, na opinião dele, “o projeto ainda traz alguns dispositivos que trazem comprometimento à atuação, em especial, da magistratura”.
“Embora tenha melhorado, e muito, eu ainda considero que traz algumas distorções centrais. E eu lembro que estamos votando o substitutivo do senador Requião. É melhor que o primeiro texto? É, mas ainda traz graves ameaças ao funcionamento da magistratura e do Ministério Público. E o que eu considero mais grave: ele é inoportuno, porque o momento histórico que nós vivemos não impõe a necessidade desse debate neste instante”, afirmou Randolfe.
Outros senadores, no entanto, defendem o projeto e o acordo feito mais cedo em torno do texto aprovado na comissão. Para o senador Jorge Viana (PT-AC), o debate em torno da Lei de Abuso de Autoridade foi “manipulado”, para fazer a opinião pública crer que ela ocorre em situação de enfrentamento contra a Lava Jato.
"Foi muito difícil chegar a esse entendimento”, disse Viana. “Eu testemunhei o empenho nos últimos dias e semanas. Ontem a noite até hoje de manhã, procurando falar com líderes, ouvir membros do Ministério Público, do Judiciário, líderes desta Casa, para tentar alcançar uma mediação. Muita gente teve que ceder em suas posições”, completou, lembrando que a atual lei ainda em vigor foi feita durante o período da ditadura militar. No mesmo tom, o senador José Agripino Maia (DEM-RN), disse que o senador Requião produziu um texto “que traduz equilíbrio”.

UNINCOR: PRÉ-ENEM 2017


segunda-feira, 24 de abril de 2017

Léo revela que OAS pagou mais de US$1 milhão por 'palestras' de Lula

Palestra foi saída contábil para justificar reforma no tríplex do Guarujá
O empresário Léo Pinheiro, da OAS, disse que a empreiteira "pagou mais de US$ 1 milhão" ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por palestras no exterior. Ao todo, disse o ex-presidente da OAS, foram cinco eventos, ou US$ 200 mil por palestra. No interrogatório a que foi submetido pelo juiz Sérgio Moro na quinta-feira, 20, Léo Pinheiro falou das palestras quando explicava detalhes até então desconhecidos da Lava Jato sobre o triplex do Condomínio Solaris, no Guarujá - cuja propriedade a força-tarefa do Ministério Público Federal atribui a Lula, o que é negado por sua defesa.

Unincor: Janot, Procurador geral, pede prisão de Ruy Muniz

O procurador geral de Justiça, Rodrigo Janot Monteiro Barros, pediu o cancelamento do habeas corpus concedido ao ex-prefeito Ruy Muniz, na prisão preventiva decretada pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais, em setembro do ano passado, na “Operação Tolerância Zero”. Na manifestação apresentada ao Supremo Tribunal Federal, datada de 24 de fevereiro, mas que se tornou pública somente agora, o procurador geral argumenta que a prisão preventiva de Ruy Muniz - e de seus companheiros - se faz necessária para interromper ou diminuir a atuação da organização criminosa. O habeas corpus foi concedido pelo ministro Marco Aurélio Melo, que tem a função de analisar o pedido da Procuradoria Geral.

No dia 16 de setembro de 2016, a desembargadora Márcia Milanez, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, concedeu a prisão preventiva contra Ruy Muniz e seu filho, Ruy Gabriel, além de Leonardo Andrade e Cristiano Junior. No dia 13 de outubro, o ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, concedeu o habeas corpus, mas como o então candidato Ruy Muniz passou a explorar a imagem do ministro no programa eleitoral de rádio e televisão, isso irritou Marco Aurélio, que pediu ao Procurador Geral de Justiça para averiguar o caso. No Superior Tribunal de Justiça o pedido de habeas corpus tinha sido negado.

Porém, o processo retornou ao Fórum de Montes Claros. Como Ruy Muniz perdeu o foro privilegiado desde 31 de dezembro, por ter deixado de ser prefeito, todo processo retornou a comarca e está nas mãos do juiz Fausto Geraldo Ferreira, da 2ª Vara Criminal de Montes Claros. No entanto, surgiu um problema: como o STF tinha apenas concedido a liminar no pedido de habeas corpus, a desembargadora Márcia Milanez apenas suspendeu a prisão preventiva, para aguardar a análise do mérito. O juiz montes-clarense tem de decidir se refaz a liminar da desembargadora ou se manda prender o ex-prefeito Ruy Muniz.

A operação Tolerância Zero, realizada pela Polícia Civil, acusou esquema de irregularidades na contratação de maquinário na Empresa Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Esurb) e na aquisição de combustíveis pela empresa municipal, que teria beneficiado o então prefeito Ruy Muniz. No dia 16 de setembro a prisão preventiva dos acusados vazou para a imprensa e, com isso, Ruy Muniz e seu filho Ruy Gabriel conseguiram fugir da prisão. Os seus assessores Leonardo Andrade e Cristiano Junior foram presos pela Polícia Federal e ficaram mais de 30 dias no Presídio Alvorada.
(Gazeta Norte Mineira)

PF indicia primeira-dama de Minas por corrupção

A Polícia Federal indiciou a mulher do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT); os secretários da Casa Civil e do Planejamento do governo mineiro e dois executivos no âmbito das investigações da Operação Acrônimo. Carolina Pimentel foi indiciada como partícipe em corrupção, lavagem de dinheiro e crime eleitoral. Antonio Maciel, ex-presidente da Caoa, e o presidente do grupo Aliança, Elon Gomes, foram indiciados por falsidade ideológica e crime eleitoral, no artigo 350. Não há acusação contra as duas empresas.

Também foi indiciado o publicitário Vitor Nicolato, homem de confiança do empresário Benedito de Oliveira, o Bené, próximo a Fernando Pimentel.
A Acrônimo foi deflagrada em maio de 2015 para investigar esquema de tráfico de influência para liberação de empréstimos do BNDES e esquema de lavagem de dinheiro em campanhas eleitorais envolvendo gráficas e agências de comunicação.
O Estado de S.Paulo

quinta-feira, 20 de abril de 2017

AÇÃO PENAL CONTRA O PREFEITO DE TRÊS CORAÇÕES NO TRF1 VOLTA À CORTE ESPECIAL PARA JULGAMENTO

No mês que vem (Maio/2017) completará 5 anos que a Ação Penal por Estelionato Majorado (falsificação de Guias do INSS para embolsar dinheiro do SUS) contra o Réu Cláudio Cosme Pereira de Souza, Prefeito de Três Corações MG, está no TRF1 (Brasília) na fila para julgamento. Esta demora, segundo assessoria do Tribunal, prende-se o fato da ampla defesa, especialmente na oitiva de testemunhas. Desta feita o Processo volta para a Corte Especial e Seção (composição e competência das Turmas Julgadoras).
O Prefeito Cláudio é defendido pelo prestigioso Advogado criminalista, Dr. Ticiano Figueiredo, em Brasília, que é também advogado do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, preso na Lava-Jato.


DR MAURÍCIO, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE TRÊS CORAÇÕES, DIVULGA 

Maurício escreveu: "COMISSÕES TEMÁTICAS MOVIMENTAM LEGISLATIVO NESTA QUARTA-FEIRA Os trabalhos da Câmara Municipal de Três Corações foram movimentados por reuniões de três Comissões Temáticas Permanentes, na tarde desta quarta-feira (19 de abril). O vereador Ricardo Ferreira levou ao conhecimento da Comissão de Saúde, Assistência Social, Segurança Pública e Direitos Humanos a falta de materiais na unidade básica de saúde do Parque das Colinas, solicitando que os integrantes da comissão realizassem uma fiscalização no local. A partir disso a comissão deliberou favoravelmente pela realização de visitas, a cada três meses, às unidades básicas de saúde do município. A Comissão de Educação, Cultura e Esportes deliberou pela realização de um levantamento dos equipamentos públicos de áreas esportivas do município e também por uma visita ao Estádio Municipal Elias Arbex. A comissão irá elaborar, ainda, uma série de Requerimentos solicitando informações sobre diversos assuntos, como obras realizadas no estádio e a documentação necessária para liberação do Elias Arbex por órgãos de segurança. Na reunião da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, a vereadora Juliana Prudêncio explicou que irá mobilizar um mutirão para castração de animais. Já o vereador Ricardo Ferreira destacou que esteve, nesta quarta-feira, na Superintendência Regional de Meio Ambiente (SUPRAM), em Varginha, onde foi informado que a documentação para a licença do aterro sanitário de Três Corações foi entregue ao órgão ambiental, mas a fiscalização no local ainda será realizada no prazo de 30 dias."

quarta-feira, 19 de abril de 2017

JOÃO OTÁVIO NORONHA RESPONDE A EX-MINISTRA DO STJ


Danou-se
Na coluna Painel, da Folha de S.Paulo, ministro João Otávio de Noronha, corregedor nacional de Justiça, responde entrevista na qual Eliana Calmon afirmou que a Lava Jato ainda chegaria no Judiciário: "Está enganada: Já chegou. E foi ao apontar caixa dois na campanha dela."
(Migalhas)

DEPUTADOS DE MINAS JÁ ARTICULAM SAÍDA DO PMDB

Deputados do PMDB mineiro começam a articular a saída da legenda. Alguns parlamentares já mantêm conversas constantes com lideranças de outras siglas para onde possam migrar. As articulações são mantidas sob sigilo. Os motivos para a mudança são vários e passam por questões regionais e nacionais. Do ponto de vista estadual, os deputados estão insatisfeitos com o constante clima de beligerância interna do partido, dividido entre os grupos do vice-governador de Minas, Antônio Andrade, do presidente da ALMG, Adalclever Lopes, e do ex-governador Newton Cardoso. O racha pode fazer com que o partido, mais uma vez, entre para a disputa de 2018 sem unidade, fulminando suas chances de assumir o governo de Minas.(Folha da Manhã - Passos)

TRÊS CORAÇÕES: PREFEITO DIZ QUE NÃO VAI SE CANDIDATAR A DEPUTADO


O prefeito de Três Corações. Cláudio, tem afirmado à pessoas próximas que não vai se candidatar a deputado, seja estadual ou federal, nas eleições do ano que vem, cumprindo seu mandato até o final.

Até então era certo que o prefeito seria candidato a deputado, haja vista que adeptos do vice-prefeito Luiz Vilela já contavam como certa a possibilidade dele administrar, como prefeito, a cidade nos últimos dois anos de mandato.
Segundo interlocutor ouvido este garantiu desconhecer o motivo da possível decisão do prefeito Cláudio.

BOLETIM ACE: DIA DO EXÉRCITO


terça-feira, 18 de abril de 2017

LULA E PIMENTEL ATUARAM PARA VIABILIZAR OBRAS EM CUBA

O empresário Marcelo Odebrecht revelou, em delação premiada, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT-MG), atuaram politicamente para viabilizar a contratação do grupo para obras no Porto de Mariel, em Cuba.
O depoimento de
Odebrecht, complementado por delações do patriarca do grupo, Emilio, e do diretor João Carlos Mariz Nogueira, foi encaminhado ao ministro relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, que reconheceu incompetência para apreciar o caso e autorizou o encaminhamento dos depoimentos à Procuradoria da República do Distrito Federal.
Lula já é investigado por suposto tráfico de influência envolvendo a obra. O empreendimento foi orçado em US$ 957 milhões - dos quais US$ 682 milhões saíram do BNDES. O julgamento de ação envolvendo o caso está sob competência do juiz federal Marcelo Rebello Pinheiro, da 16ª Vara Federal/DF.
"Segundo o Ministério Público, os colaboradores apontam a atuação de agentes públicos para auxiliar o financiamento e a execução de obras em Cuba pelo Grupo Odebrecht. Marcelo Bahia Odebrecht teria narrado a atuação política de Fernando Pimentel e Luiz Inácio Lula da Silva a fim de que fossem viabilizadas as obras da companhia no Porto de Mariel em Cuba, informações que teriam sido complementadas por João Carlos Mariz Nogueira e Emílio Alves Odebrecht", anotou Fachin.
Acolhendo solicitação da Procuradoria-Geral da República, o ministro manteve sigilo dos termos dos autos.
Fonte: Epoca Negócios – 18/04/17

EXÉRCITO CONDECORA MORO

Amanhã (19), em Brasília, em cerimônia para a qual foram convidados o presidente Michel Temer e todos os seus ministros, o Exército condecorará com a Medalha da Ordem do Mérito Militar o juiz Sérgio Moro.
Em 25 de dezembro de 2015, Moro recebeu a Ordem do Mérito Cívico concedida pelo 20° Batalhão de Infantaria Blindada (20 BIB), em Curitiba.
Em 25 de agosto de 2016, Dia do Soldado, O Exército conferiu a Moro a Medalha do Pacificador.
Em 30 de março último, foi a vez de o Superior Tribunal Militar condecorar Moro.
(Ricardo Nobrat)

segunda-feira, 17 de abril de 2017

UNINCOR CONQUISTA NOVAMENTE AUTONOMIA UNIVERSITÁRIA E É NOTA 4 NO MEC


Após visita de Comissão do MEC - Ministério da Educação, a UninCor volta a conquistar sua autonomia universitária. Com o processo de reestruturação iniciado em 2012, esta titulação demonstra que as estratégias administrativas e pedagógicas têm refletido de forma positiva para toda a instituição, formação dos alunos e para a comunidade.
Os avaliadores visitaram todas as instalações dos Campi em Três Corações, Caxambu, Pará de Minas, Betim e Belo Horizonte como salas de aula, bibliotecas, laboratórios, setores administrativos e, principalmente, estruturas de acessibilidade; analisaram criteriosamente os Planos de Carreira dos colaboradores e docentes, o Projeto de Desenvolvimento Institucional e a Organização Didático-Pedagógica.
Em um índice que varia de 1 a 5, a Nota 4 conquistada pela UninCor foi recebida com bastante entusiasmo por toda Comunidade Acadêmica. "O trabalho coletivo foi um diferencial. A seriedade, o compromisso, a responsabilidade, a doação de cada colaborador foram muito importantes. Este resultado mostra realmente que nós conseguimos nossa meta de devolver para os tricordianos, e para toda região, uma instituição muito bem conceituada e que tem compromisso de levar um ensino com qualidade e focado na excelência. Nós queremos que nossos alunos consigam ser os melhores profissionais no mercado de trabalho, essa é nossa luta, e ela é incansável", comemorou a Reitora da UninCor, professora Gleicione Aparecida Dias Bagne de Souza.
Depois da última visita do MEC para esta finalidade, realizada em 2011, foi gerado um Protocolo de Compromisso indicando as melhorias e alterações que precisavam ser realizadas para que a universidade voltasse a ser recredenciada. Após esse período, os avaliadores puderam comprovar a efetivação dos trabalhos que têm sido investidos na Universidade. De acordo com o Diretor Executivo, professor Túlio Marcos Romano, "com a autonomia universitária, nós podemos potencializar a entrada de novos alunos e vislumbrar a abertura de cursos de acordo com as demandas de mercado, e poder oferecer e facilitar o acesso de todos ao Ensino Superior. A população não vai mais precisar se deslocar para outras cidades pois encontrarão aqui mesmo toda condição, estrutura e respaldo docente para sua formação profissional".
O resultado da visita já pode ser consultado no próprio Sistema e-MEC e, após a finalização do processo de regulação, o Ato Regulatório Recredenciamento Institucional será publicado no Diário Oficial da União.

UNINCOR: NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Ministério da Educação divulgou, o último dia 07 de abril, ofício comprovando o posicionamento da UninCor com relação à mantença que segue com a Fundação Comunitária Tricordiana de Educação.
Diferentemente do que foi apontado pelo Grupo de Ruy Muniz, que não cumpriu os termos do acordo de recuperação da UninCor, rompendo assim com a parceria que havia sido apresentada no início do processo de reestruturação, o Coordenador Geral de Credenciamento das Instituições de Educação Superior Substituto, Francirley dos Santos Oliveira, confirmou que o MEC está ciente dos atos realizados pela FCTE e que não há processo ativo que figure a Universidade em nenhum aditamento institucional de "Transferência de Mantença".
O documento corrobora as ações da FCTE e do Comitê Gestor que seguem convictos da função social e educacional da UninCor, sempre pautados pelo compromisso de contribuir com a formação profissional de seus alunos, com respeito, responsabilidade, seriedade e ética, fortalecendo seu conceito de Instituição de Ensino Superior.

domingo, 16 de abril de 2017

CHARGE

Paixão, Gazeta do Povo

MARIDO E MULHER DESCOBREM QUE SÃO GÊMEOS AO TENTAREM FERTILIZAÇÃO EM CLÍNICA,NOS EUA


Um casal de Jackson, no estado americano do Mississippi, descobriu que marido e mulher eram, na verdade, irmãos gêmeos separados no processo de adoção. Os dois haviam se conhecido na universidade e, apaixonados, tentavam engravidar em uma clínica de fertilização quando receberam o resultado do exame de DNA. Nem os pacientes nem a clínica tiveram os nomes divulgados, para resguardar a confidencialidade médica.
O médico da clínica, cujo nome também não foi revelado, notou grandes semelhanças na genética do casal e, após de atestar o elo fraternal, precisou informar aos clientes de que estava aliviado, pela primeira vez, de não ter conseguido ajudá-los a gerar um bebê.
Transtornado com a notícia, o casal se juntou para entender o que havia acontecido. Ocorre que, ainda pequenos, eles perderam os pais biológicos em um acidente de carro. No orfanato, acabaram adotados por famílias diferentes, sem saber que tinham irmãos.
“Eles se atraíram por conta das semelhanças. Eles se conectavam, de verdade. Se eles ao menos soubessem da verdade, poderiam ter sido poupadas dessa dor agora”, lamentou o médico ao “Mississippi Herald”.
Com a novidade, marido e mulher agora pensam no futuro da relação, proibida no estado. A pena para irmãos que se casam no Mississippi chega a 10 anos de prisão. Apesar disso, o casal não responder à Justiça pela união, dadas as inusitadas circunstâncias do casamento e da descoberta.

sábado, 15 de abril de 2017

PSOL ´É ATLÉTICO E PP É CRUZEIRO NA LISTA DA ODEBRECHT

Atlético e Cruzeiro. Assim eram chamados PSOL e PP, respectivamente, em uma planilha entregue por Luiz Eduardo Soares, ex-diretor do Departamento de Operações Estruturadas da Odebrecht – conhecido pela alcunha de 'departamento de propina' – aos investigadores da operação Lava Jato em sua delação premiada.
Na lista, os partidos políticos são apresentados como clubes de futebol. Algumas das planilhas entregues aos investigadores usaram os termos para designar qual cargo ocupava o político beneficiado as posições de jogadores eram usadas, com os pagamentos indo de goleiro (qualquer integrante da base aliada) a centroavante (presidente).
Por exemplo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, era chamado de volante do Fluminense, apesar de em outras planilhas ter sido apelidado de Botafogo. A alcunha era uma forma de codificar o pagamento de propina.
Veja a lista:
PSOL Atlético
PP Cruzeiro
PT Flamengo 
PSDB Corinthians
PMDB Internacional
PSB Sport
PTB Vasco
PPS Palmeiras
PCdoB Bahia
PSC Náutico
PSD Botafogo
PRB Santos
PDT Grêmio
PROS Santa Cruz
PV Coritiba
Rede Remo

quinta-feira, 13 de abril de 2017

CONSIDERAÇÕES ACERCA DA VENDA DO ESTÁDIO MUNICIPAL ELIAS ARBEX


A Prefeitura de Três Corações vem anunciando a doação do Estádio Municipal Elias Arbex, isso logo após a Câmara Municipal ter impedido a venda de  imóveis superavaliados por setor do próprio município, segundo estudos do legislativo.
Desta feita fala-se em doação do Estádio ao Instituto de Previdência dos Servidores - IPRECOR - e essa doação foi tema de recente conversa entre o Executivo e Legislativo; no entanto, essa ação da Prefeitura pode esconder o chamado "pulo do gato", explico:.
Como o IPRECOR é autarquia ele pode vender o que recebeu em doação, podendo negociar o preço a critério exclusivo do seu Conselho, (falam que já existe possível comprador) se é que me entendem...
Claro que a doação terá que passar pela Câmara, no entanto, para prevenir ações judiciais futuras contra os atuais vereadores, a Câmara pode até aprovar a doação, desde que impeça sua venda em prazo não inferior há 10 anos, e com destino certo em amortizar a dívida do Município para com o Instituto, impedindo da mesma forma sua alienação nesse interregno, seja bancária, hipotecaria, a particulares, etc. a que título for, e também desde que a Arena do Rei esteja pronta e inaugurada, como promete o Prefeito. 
Até lá o IPRECOR pode administrar o Estádio Elias Arbex através de concessão de uso a terceiros. Acho que assim, talvez anule o suposto "pulo do gato".
De qualquer forma o servidor, especialmente o já aposentado, deve conversar com seu vereador.   

quarta-feira, 12 de abril de 2017

NOSSA OPINIÃO: OS ATAQUES AO VEREADOR DINHO CAMINHONEIRO


O vereador Dinho vem sendo alvo de uma tentativa criminosa de retaliação em face ao elogiável trabalho que vem desenvolvendo como vereador em Três Corações, que para alguns não interessa.
Homem simples, de caráter sólido, e inteligente, domina como poucos a Lei Orgânica Municipal e as Comissões internas as quais participa na Câmara Municipal. Sua atuação é uma grata surpresa, fiscalizando o Executivo e buscando melhorias para o bem estar da população.
O tricordiano deve ficar atento repudiando atos lesivos, altamente criminosos, que na realidade atinge toda a comunidade.  

terça-feira, 11 de abril de 2017

EXPLICANDO O MAL EXPLICADO CASO DE EMPREGO EM TRÊS CORAÇÕES

Publicação feita a mando de mãos outras que circulou recentemente pela cidade acusou a Câmara Municipal de prejudicar a vinda de empresas para Três Corações ao não aprovar a transformação de uma área rural em urbana. Nada mais falso e mentiroso, isso porque:
Há três anos a Prefeitura é cobrada à enviar para a Câmara Municipal novo Plano Diretor, que é o instrumento básico da política de desenvolvimento do Município. Sua principal finalidade é orientar a atuação do poder público e da iniciativa privada na construção dos espaços urbano e rural na oferta dos serviços públicos essenciais, visando assegurar melhores condições de vida para a população.
É uma imposição constitucional, portanto sujeito aos rigores da Lei, cabendo ao Ministério Público zelar para sua implantação correta no Município dentro da legalidade.
Não há Plano Diretor. A culpa é da Câmara? Não! É da Prefeitura? Sim, totalmente!
Industrias aqui não chegam por falta de Plano Diretor, com isso correm para Varginha ou outras cidades próximas. Resumindo, sem plano Diretor a cidade perde indústrias e muitos empregos. As poucas que aqui se instalam são industrias de "amigos" prometendo 300, 400, 500 empregos; mas na verdade, após instalação irregular, empregam 20 trabalhadores e olha lá!  Exemplo mais gritante é tal fábrica de aviões onde o prefeito até apareceu em foto "pilotando em terra um avião", a qual não se tem notícias que tenha fabricado algo, pelo menos nas dezenas de cidade pelas quais já passou. Hoje, a Prefeitura paga seu aluguel, e a empresa aparentemente se dedica a cursos sobre aviação. Essa é apenas uma delas que recebe auxilio da Prefeitura
Quanto a área pretendida para ser urbanizada, é o local conhecido como Palmelinha, logo no início da Rodovia que liga Três Corações a Varginha.
Naquela região, um ex-servidor da Prefeitura por sinal pessoa muito séria e de ilibada reputação, comprou a fazenda do Estevam Iemini e pretende, com seu sogro e com recursos próprios, lotear um condomínio de logística, ou seja vários galpões totalmente equipados para receberem escritórios de empresas (Atualmente, a logística é conhecida como uma parte essencial nas empresas, é um departamento responsável pela gestão dos materiais, sejam eles de qualquer tipo. A logística administra recursos financeiros e materiais, planeja a produção, o armazenamento, transporte e distribuição desses materiais.)
Em linhas gerais é isso! Lembrando que o Prefeito se recusa a "encomendar" o Plano Diretor junto a  empresas especializadas pelo valor pedido, mas afirma que vai construir a Arena Pelé com recursos próprios já em caixa. O Estádio Elias Arbex está sendo vendido. É uma decisão altamente discutível, no mínimo.
Restando a pergunta: QUANTOS EMPREGOS E DINHEIRO O MUNICÍPIO ESTÁ PERDENDO POR FALTA DO PLANO DIRETOR?

LISTA DO FACHIN É LIBERADA E ACABA COM CENSURA



A lista de Fachin
Veja a lista abaixo com 108 nomes alvos de 83 inquéritos que a Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) com base nas delações de executivos e ex-executivos do Grupo Odebrecht, e que fazem parte do despacho do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, assinados eletronicamente no dia 4 de abril

Senador da República Romero Jucá Filho; Senador Humberto Sérgio Costa Lima; Senador da República Edison Lobão; Deputado Federal Marco Aurélio Spall Maia; Senador da República Cássio Rodrigues da Cunha Lima; Deputado Federal Paulo Pereira da Silva; Deputado Federal José Carlos Aleluia Costa; Senador da República José Renan Vasconcelos Calheiros e Governador do Estado de Alagoas José Renan Vasconcelos Calheiros Filho; Deputado Federal Daniel Gomes de Almeida; Ministro das Cidades, Bruno Cavalcanti de Araújo; Senador Aécio Neves da Cunha + Oswaldo Borges da Costa (então presidente da Codemig, estatal que realizou licitação da cidade adm); Senador da República Jorge Ney Viana Macedo Neves e Governador do Estado do Acre Sebastião Afonso Viana Macedo Neves “Tião Viana”; Deputado Federal Mário Sílvio Negromonte Júnior; Deputado Federal Nelson Vicente Portela Pellegrino; Senadora da República Lidice da Mata e Souza; Deputado Federal Jutahy Magalhães Júnior; Deputada Federal Maria do Rosário Nunes; Senador da República José Agripino Maia e Deputado Federal Felipe Catalão Maia; Deputado Federal Ônix Dornelles Lorenzoni; Ministro da Ciência e Tecnologia Gilberto Kassab; Deputado Federal Jarbas de Andrade Vasconcelos; Deputado Federal Vicente Paulo da Silva; Senadora da República Marta Teresa Suplicy e Márcio Toledo; Deputado Federal Arthur de Oliveira Maia da Silva; Deputada Federal Yeda Rorato Crusius; Senador da República Ciro Nogueira Lima Filho; Senador da República Dalírio José Beber e Napoleão Bernardes, Prefeito Municipal de Blumenau/SC; Deputado Federal Paulo Henrique Ellery Lustosa da Costa; Deputado Federal Paulo Pereira da Silva; Senador da República Ivo Narciso Cassol e João Carlos Gonçalves Ribeiro; Deputado Federal José Reinaldo Carneiro Tavares e Ulisses César Martins de Sousa na qualidade de Procurador-Geral do Estado do Maranhão; Romero Jucá Filho e Rodrigo de Holanda Menezes Jucá; Senadores da República Aécio Neves da Cunha, Antônio Augusto Junho Anastasia, Oswaldo Borges da Costa e Paulo Vasconcelos do Rosário Neto; Luiz Lindbergh Farias Filho; Deputado Federal João Paulo Tavares Papa; Deputado Federal Vander Luiz dos Santos Loubet; Senadora da República Vanessa Grazziotin e Eron Bezerra (Marido da parlamentar); Senadora da República Kátia Regina de Abreu e Moisés Pinto Gomes; Deputado Federal Rodrigo Garcia; Deputado Federal Carlos Felipe Vazquez de Souza Leão (Cacá Leão); Deputado Federal Celso Ubirajara Russomano, em razão das declarações prestadas pelos colaboradores Benedicto Barbosa da Silva Júnior (Termo de Depoimento n. 52) e Carlos Armando Paschoal (Termo de Depoimento n. 17); Senador da República Aécio Neves da Cunha e ao Deputado Federal Dimas Fabiano Toledo Júnior (possibilidade de AA e PV serem incluídos, cabe ao MPF se pronunciar) Ministro do Tribunal de Contas da União Vital do Rêgo Filho; Deputado Federal Carlos Alberto Rolim Zarattini; Senadores da República Romero Jucá Filho e José Renan Vasconcelos Calheiros; Senador da República Fernando Afonso Collor de Mello; Senador da República José Serra e ao Ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes Ferreira Filho; Senadores da República Carlos Eduardo de Sousa Braga e Omar José Abdel Aziz; Deputados Federais Carlos Alberto Rolim Zarattini e João Carlos Paolilo Bacelar Filho, como também Cândido Elpídio de Souza Vaccarezza e Guido Mantega; Deputado Federal Rodrigo Felinto Ibarra Epitácio Maia e César Epitácio Maia; Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços Marcos Antônio Pereira; Senador da República Valdir Raupp de Matos; Deputado Federal Marco Aurélio Spall Maia e Ministro da Casa Civil Eliseu Lemos Padilha, além de Humberto Kasper, Marco Arildo Prates da Cunha e Paulo Bernardo da Silva; Deputado Federal Pedro Paulo Carvalho Teixeira PP e Eduardo da Costa Paes; Senador Aécio Neves da Cunha; Senadores da República Romero Jucá Filho, Eunício Lopes de Oliveira e José Renan Vasconcelos Calheiros, bem como aos Deputados Federais Rodrigo Felinto Ibarra Epitácio Maia e Lúcio Quadros Vieira Lima; Senadores da República Eduardo Alves do Amorim e Maria do Carmo Alves; Deputado Federal José Francisco Paes Landim; Senador da República Garibaldi Alves Filho; Deputado Federal Daniel Elias Carvalho Vilela e Luís Alberto Maguito Vilela, ex-Senador da República e Prefeito Municipal de Aparecida de Goiânia entre nos anos de 2012 e 2014; Senador da República Ricardo de Rezende Ferraço; Deputados Federais Alfredo Pereira do Nascimento e Milton Antônio Casquel Monti; Aécio Neves da Cunha; Deputado Federal José Carlos Becker de Oliveira e Silva (Zeca Dirceu) e José Dirceu de Oliveira e Silva; Deputado Federal Heberte Lamarck Gomes da Silva (Betinho Gomes), José Ivaldo Gomes (“Vado” da Famárcia) e José Feliciano de Barros Júnior (José Feliciano),; Deputado Federal José Orcírio Miranda dos Santos (Zeca do PT) e Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Blairo Borges Maggi; Deputado Federal Vicente Cândido da Silva; Ministro de Estado da Integração Nacional, Helder Zahluth Barbalho, e Senador da República Paulo Roberto Galvão da Rocha; Deputado Federal João Carlos Paolilo Bacelar Filho; Deputado Federal Júlio Luiz Baptista Lopes; Deputado Federal Fábio Salustino Mesquita de Faria, Governador do Estado do Rio Grande do Norte Robinson Mesquita de Faria e Prefeita Municipal de Mossoró/RN Rosalba Ciarlini Rosado; Deputado Federal Heráclito de Sousa Fortes; Deputado Federal Paulo Roberto Gomes Mansur; Deputado Federal Antônio Luiz Paranhos Ribeiro Leite de Brito e a Edvaldo Pereira de Brito; Deputado Federal Milton Antonio Casquel Monti e Valdemar da Costa Neto; Deputado Federal Décio Nery de Lima e à Deputada Estadual Ana Paula Lima; Senador da República Fernando Bezerra de Souza Coelho; Ministro da Cultura Roberto João Pereira Freire; Senador da República Romero Jucá Filho; Deputado Federal Arlindo Chinaglia Junior; Ministro Chefe da Casa Civil Eliseu Lemos Padilha e ao Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República Wellington Moreira Franco; Ministro da Ciência e Tecnologia Gilberto Kassab; Senadores José Renan Vasconcelos Calheiros e Fernando Bezerra de Souza Coelho, além de José Renan Vasconcelos Calheiros Filho, governador de Alagoas


EXPLOSÃO DIANTE DO ÔNIBUS DO TIME BORUSSIA DORTMUND DEIXOU JOGAOR FERIDO E PARTIDA É SUSPENSA

Uma notícia chocante pouco antes do apito inicial para Borussia Dortmund x Monaco chamou atenção na Alemanha. Uma explosão diante do ônibus da equipe alemã deixou um ferido, o zagueiro Marc Bartra, que já se encontra no hospital. Felizmente, o espanhol machucou o braço e passa bem, conforme informou a mãe dele.
A partida, que estava marcada para às 15h45 (de Brasília) desta terça-feira, foi adiada para as 13h45 de quarta. Os torcedores que tinham ingressos para o confronto nesta terça irão utilizá-los no dia seguinte normalmente.
O incidente ocorreu por volta das 19h locais (14h locais) a dez quilômetros do Signal Iduna Park, estádio onde ocorrerá a partida de ida, quando o veículo deixava o hotel em que a delegação estava. Janelas do ônibus estilhaçaram, o que acabou causando o ferimento de Bartra.
"Houve um acidente na partida de nosso ônibus. Uma pessoa foi ferida. Mais informações serão divulgadas", afirmou o clube em sua conta no Twitter.
"Explosão à bomba diante no ônibus do time no hotel em que estava. Os jogadores estão em segurança. Não há perigo no estádio", disse outro tweet do Dortmund.
"Recomendamos primeiramente a permanecerem no estádio e se manterem em calma para para assegurar uma saída ordenada. Obrigado!", tweetou o Dortmund, que agradeceu a paciência e os gritos de "Dortmund" por parte dos torcedores do Monaco.
A polícia de Dortmund ainda afirmou que "não há nenhuma evidência de uma ameaça para os espectadores".

VEREADOR HELDER VOLTA A POLEMIZAR SENDO REPUDIADO NA CÂMARA MUNICIPAL

Dileto leitor amigo: ainda hoje este Blog explicará a polêmica levantada a mando buscando atacar a Câmara Municipal e vereadores da ala autêntica (majoritária), polêmica essa novamente levantada na reunião da Câmara de ontem (10) pelo vereador Helder, da ala do Prefeito, e energicamente repudiada por seus colegas e  auditório, especialmente nas falas dos vereadores Jorge Machado e do presidente da Casa, Dr. Maurício Gadbem.

BOLETIM ACE: R$ 53,6 MI SÃO DISPONIBILIZADOS


CABRAL RECEBEU R$ 16 MILHÕES EM FRAUDE NA SAÚDE PÚBLICA, DIZ MPF

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de receber R$ 16,4 milhões da empresa de materiais médicos Oscar Iskin, em repasses mensais de até R$ 450 mil por mês.
Segundo informações da Procuradoria da República no Rio de Janeiro, Cabral recebia 5% do esquema de fraudes na compra de equipamentos médicos e próteses que supostamente envolvia também o ex-secretário de Saúde Sergio Côrtes e os empresários Miguel Iskin e Gustavo Estellita.
O ex-secretário de saúde que também foi diretor do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia e os dois empresários foram alvo de mandados de prisão preventiva no âmbito da Operação Fatura Exposta da Polícia Federal.
Côrtes é acusado de receber 2% do valor dos contratos celebrados entre a Secretaria e a Oscar Iskin. Além disso, segundo o MPF, Côrtes e Iskin são acusados de dividir 40% do valor dos contratos e depositá-lo em uma conta aberta no Bank of America, nos Estados Unidos.
Segundo os procuradores da República, o esquema envolvia um chamado “clube do pregão internacional”, do qual participam até hoje empresas que atuam em licitações de forma combinada. Segundo o MPF, Miguel Iskin orientava Côrtes, que foi secretário de 2007 a 2013, a incluir nos produtos a serem licitados especificações técnicas restritivas de concorrência. Estellita seria o operador financeiro de Iskin, de acordo com os procuradores.
O esquema também teria funcionado no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), instituto federal do qual Côrtes foi diretor de 2002 a 2006. A operação de hoje, chamada Fatura Exposta, é um desdobramento das operações Calicute, que resultou na prisão de Cabral no ano passado, e Eficiência, que resultou na prisão do empresário Eike Batista neste ano.
(Hoje em Dia)

FESTIVAL DE PARTIDOS POLÍTICOS

O Brasil é o país que possui mais partidos políticos do mundo, 35 siglas. Só que este número pode aumentar ainda mais. No TSE – Tribunal Superior Eleitoral – existe o registro para analise e criação de mais 56 partidos.

FRASE

“Estou ansioso para esse depoimento porque é a primeira oportunidade que eu vou ter de poder saber qual é a acusação que eles tem contra mim.”

                          Lula sobre seu depoimento dia 3 de maio em Curitiba para o juiz Sérgio Moro.

segunda-feira, 10 de abril de 2017

BOLETIM ACE: PROMOÇÃO DIA DAS MÃES


MARCELO ODEBRECHT CONFIRMA A MORO QUE LULA É O AMIGO CONSTANTE NAS PLANILHAS DE PROPINA DA EMPRESA

Empresário prestou depoimento nesta segunda-feira, em processo envolvendo o ex-ministro Antônio Palocci. Instituto Lula diz que ex-presidente não tem conhecimento com qualquer planilha.
O empresário Marcelo Odebrecht afirmou que o codinome “amigo” das planilhas da propina da empreiteira referia-se ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em depoimento prestado ao juiz federal Sérgio Moro, nesta segunda-feira (10).
Foi o primeiro depoimento dele na Operação Lava Jato depois da assinatura do acordo de delação premiada. O empresário é testemunha no processo que investiga se o ex-ministro Antônio Palocci recebeu propina para favorecer a empreiteira.
Odebrecht também disse no depoimento que “italiano” era Palocci e “pós-itália”, o ex-ministro Guido Mantega. O conteúdo dos interrogatórios, assim como as delações, está sob sigilo.
A testemunha também citou uma doação ao Instituto Lula, em 2014, e a compra de um terreno que seria usado como sede do instituto. A obra acabou não realizada.
O ex-presidente do Grupo Odebrecht afirmou também que Palocci intermediava pagamentos e assuntos de interesse da empresa com o PT.
O que diz o Instituto Lula
O Instituto Lula afirmou que funciona no mesmo local desde 1991 e que não recebeu nenhum terreno da Odebrecht. Disse ainda que todas as doações ao Instituto foram feitas com os devidos registros e nota fiscal, dentro da lei e informadas à Operação Lava Jato.
(G1)

O Instituto declarou ainda que o ex-presidente Lula não tem conhecimento ou relação com qualquer planilha na qual pessoas possam se referir a ele como “amigo”.

sábado, 8 de abril de 2017

TRÊS CORAÇÕES: NAMORADO E SUSPEITO POR MORTE DE ROSINHA CONTINUA FORAGIDO

Suspeito, de 28 anos, confessou o crime para uma irmã e disse que se entregará à polícia; vítima tinha 51 anos foi encontrada morta em cima da cama

Rosa Francisco Lino Sales, a Rosinha, de 51 anos foi encontrada morta em cima de uma cama, em Três Corações, no Sul de Minas, na noite da quarta-feira (5). O namorado dela, de 28 anos, é procurado pelo crime. Ele falou à irmã que matou a vítima e que se entregará a polícia. Até o momento (8), ele não foi encontrado.
Uma amiga de Rosa Francisca Lino Sales contou à Polícia Militar (PM) que foi à casa da vítima, na rua das Margaridas, no bairro Vila Lima, e já encontrou a porta aberta. Ela ascendeu a luz e entrou, deparando-se com a vítima deitada de barriga para cima, em uma cama, com o corpo coberto por um cobertor.
Como ela parecia estar morta, a amiga chamou a polícia. Os militares notaram que saia um líquido da boca da mulher e, perto da porta da cozinha, acharam um balde com um pano e um líquido vermelho, que acreditam ser sangue. Ainda, encontraram respingos de sangue na cozinha, no banheiro e no vaso sanitário. A PM não informou se havia marcas de violência no corpo da vítima.
Em conversa com outros moradores na região, os policiais descobriram que um conhecido de Rosa foi à casa dela, na última terça-feira (4) à noite, chamou por ela, mas ninguém atendeu. No dia seguinte, pela manhã, retornou à residência e da mesma forma não foi atendido.
As últimas pessoas que viram Rosa afirmam que ela estava com o namorado: um homem que descrevem como agressivo. Ele batia muito na vítima, segundo informações colhidas pela PM, e, inclusive ele já a teria machucado.
Na casa do suspeito, ele não foi encontrado, mas a família dele confirmou que ele agredia Rosa constantemente e que já até foi preso pelo crime. Uma irmã dele acrescentou, alegando que o irmão confessou a ela ter matado Rosa e que garantiu que se entregaria à polícia.
O agressor já foi condenado por furto e por roubo e responde a processo por lesão corporal, segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).
Investigação
Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil para apurar o caso, descobrir a motivação do crime e prender o suspeito. 
Por meio da assessoria de imprensa da polícia, o delegado Cristiano Silva informou que o namorado da vítima, que é o principal suspeito do crime, já havia sido preso anteriormente por ter esfaqueado a companheira. Contudo, na ocasião, a vítima havia conseguido escapara da morte.
Na época, o homem foi preso pelo crime de violência doméstica, mas conseguiu a liberdade provisória. Além desse crime, ele também tinha sido detido anteriormente por uso de drogas e envolvimento com o tráfico.
Fernanda Viegas

sexta-feira, 7 de abril de 2017

DR. MAURÍCIO GADBEM, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE TRÊS CORAÇÕES, CONTESTA MATÉRIA

ELEIÇÃO PARA A LET: LIGA ESPORTIVA TRICORDIANA

Estou encaminhando o registro da chapa 01 para eleição da Liga Esportiva Tricordiana - LET que acontecerá no dia 06/05/2017 composta por:
Presidente: Paulo Felipe
Vice Presidente: Alexander de Oliveira (Alex Coxinha)

PROMOTOR PEDE ESCLARECIMENTOS AO PREFEITO DE TRÊS CORAÇÕES

O Ministério Público enviou para a Prefeitura de Três Corações documento solicitando imediatas informações sobre casos relatados de perseguição política e assédio moral, entre eles estão uma agente de trânsito, e os servidores do setor de fiscalização de postura que foram "despejados" do prédio da prefeitura e jogados em uma pequena sala no antigo almoxarifado, sem chaves e sem internet, por mero capricho do alcaide, segundo contam. 

quinta-feira, 6 de abril de 2017

CHARGE: ASSIM FUNCIONA"AQUELA" PREFEITURA

ASSIM FUNCIONA PREFEITURA LOTEADA PARA COMISSIONADOS E CONTRATADOS


NOSSA OPINIÃO: LEVE TRÊS CORAÇÕES NO PEITO



Dileto leitor amigo. A mim não apetece leituras apócrifas cujo conteúdo é criminosamente preparada a mãos outras buscando atacar a honra de pessoa de ilibada reputação que, pelo importante cargo ora ocupado, vem trabalhando corajosamente em prol da comunidade como nunca visto nesta cidade.
O triste é que publicações desse tipo vem sendo bancadas por pessoas que ocupam transitoriamente cargos públicos e afins.
A estes (afins) dedico a frase de minha autoria que há anos coloco no jornal Folha do Sul, qual seja: LEVE TRÊS CORAÇÕES NO PEITO!

FISCALIZAÇÃO VAI APONTANDO QUE A PF AGIU CORRETAMENTE NA OPERAÇÃO "CARNE FRACA". ATÉ SALMONELA ENCONTRARAM

Fiscais do Ministério da Agricultura encontraram salmonela nos hambúrgueres produzidos pela Transmeat, que comercializa a marca Novilho Nobre. Também foram encontrados estafilococos na linguiça cozida da Frigosantos. Esses foram os riscos à saúde encontrados pelos fiscais nas auditorias realizadas nos 21 frigoríficos alvos da operação Carne Fraca, da Polícia Federal, cujos resultados foram divulgados pelo secretário executivo da pasta, Eumar Novacki.
As linhas de produção desses produtos foram interditadas e a produção será descartada. Esses problemas foram encontrados em oito de um total de 302 amostras analisadas. O consumidor poderá identificar esses produtos pelo SIF impresso na embalagem: 4644 (Transmeat) e 2021 (Frigosantos).
O secretário explicou que não foram reportados problemas de saúde pelo consumo desses produtos, mas tanto a salmonela quanto os estafilococos podem causar vômito e diarreia. Ele disse que existem vários tipos de salmonela e a que foi encontrada não produz esses sintomas, mas o regulamento não permite a presença dessa bactéria em hambúrgueres.
Também foram encontradas fraudes de ordem econômica. Os embutidos produzidos pela Souza Ramos e pela Peccin continham ácido sórbico, um conservante proibido. Os lotes já foram recolhidos. Outra fraude detectada foi excesso de água no frango da BRF processado em Mineiros (GO), que está interditado desde o início da operação, e pela Frango DM.
O governo também iniciou os procedimentos para cancelar a inscrição no Serviço de Inspeção Federal (SIF) de dois frigoríficos da Peccin (SIFs 821 e 2155) e da Central de Carnes, SIF 3796.

MULHER ACUSADA DE ESPANCAR MARIDO ATÉ A MORTE É PRESA EM VARGINHA

A Polícia Civil prendeu na tarde de terça-feira (4) uma mulher suspeita de espancar o marido até a morte em Varginha. João Batista Natal, de 44 anos, morreu no início de março. Na época, o laudo médico apontou traumatismo craniano que teria sido decorrente de espancamento. De acordo com o delegado do caso, Josias Moreira Giffoni, a prisão dela é temporária.
Ainda de acordo com o delegado, inicialmente, a suspeita de 49 anos, ficará detida por cinco dias, podendo o período de prisão ser prorrogado por outros cinco dias. Ela pode ainda ficar presa até o dia do julgamento, que não tem data prevista para acontecer.
O caso
Natal teve a morte confirmada na noite de 6 de março, depois de dois dias internado. Antes de morrer ele foi atendido algumas vezes na UPA e no Hospital Bom Pastor. Na ocasião, ele estava inconsciente e com vários hematomas pelo corpo. Foram realizados vários exames e foi constatado que o homem apresentava coágulo no cérebro. Ele chegou a ser transferido para o Hospital Regional na cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Na época do crime, familiares e amigos disseram para a polícia que o homem era constantemente agredido pela esposa e que os dois brigavam muito. Na época a Polícia Militar informou que foi acionada algumas vezes para separar os desentendimentos do casal.

(VarginhaOnLine)

JORNAL FOLHA DO SUL

Jornal Folha do Sul - Leiam, É O QUE HÁ!



quarta-feira, 5 de abril de 2017

DESABAFO DA PRESIDENTE DO BAIRRO NOVA TRÊS CORAÇÕES

Este é um verdadeiro desabafo da presidente do Bairro Nova Três Corações, Bel Ferreira. Quando a Prefeitura e CEF anunciaram a lista dos contemplados o então Blog do Paulão denunciava que naquela lista tinha nomes de pessoas com renda acima do  valor teto, e outras que já tinham sua casa própria na cidade. Muito favoritismo ali foi feito.

Segue o desabafo da presidente Bel Ferreira: 

Um desabafo: Sei que aqui não é lugar para esse tipo de coisa. Mas, como ser humano tenho o dever de compartilhar algo que acabei de me deparar há pouco. Sou moradora e presidente do bairro Nova TC. Há alguns minutos fui chamada porque uma família invadiu uma residência aqui; fui até o local e me deparei com um pai e uma mãe em estado de desespero com seus filhos pequenos sem ter pra onde ir, sem emprego, sem condições alguma de alugar um cômodo sequer pra dar abrigo para seus filhos.
Ai fica a minha indignação: onde estão os órgãos competentes que não faz uma vistoria pra saber quem realmente precisa de moradia? Não estou justificando a atitude dó casal que invadiu a casa, mas penso comigo se quem conseguiu a graça de adquirir uma casa aqui e não veio morar sinal que não está precisando; a casa está fechada há mas de um ano.
Então gostaria de deixar meu apelo aos órgãos competentes que olhasse para essa situação de quem pegou e não veio, e pelos que realmente estão precisando de casa pra morar, pois ne cortou o coração de ver aqueles pais com lágrimas nos olhos me dizendo k não teem pra onde ir com os filhos e pedindo pra deixar eles só dar um teto pros filhinhos não ficar no relento, e mais, a criança se agarrou em mim chorando e dizia: "moça não deixa a polícia levar meu pai nós não tem pra onde ir".
Ó meu Deus! Onde estão as autoridades que não olham pra essas pessoas que precisam de um teto? Porque a verdade é que muitas pessoas que conseguiram casa aqui não precisam, porque se realmente precisassem ja teria vindo. Infelizmente, no patamar que está a situação do nosso Brasil o que eles tem a fazer é isso mesmo. A fiscalização está zero, e casas fechadas e abandonadas estão sujeitas a serem invadidas mesmo.
Mais uma vez peço encarecidamente aos órgãos competentes que tenha misericórdia e resolva essa fiscalização para que providências sejam tomadas, e passa casa pra quem realmente precisa, porque e lamentável e triste tudo isso.....Não podia me calar diante de tanto sofrimento dessa família que não tem pra onde ir com seus filhos.

TNT



terça-feira, 4 de abril de 2017